Como aumentar seu faturamento no fim do ano

Como aumentar seu faturamento no fim do ano

Já estamos no finalzinho do ano e muitas datas comemorativas se aproximam, para a alegria da maioria dos consumidores que, em muitos dos casos, aguardaram durante todo o ano para aproveitar oportunidades de condições exclusivas que não são oferecidas no decorrer do ano. Natal, Black Friday e saldões para limpar o estoque são alguns dos exemplos das datas que as empresas investem mais, justamente para aproveitar esse momento de maior procura dos consumidores. 

Para antecipar-se nessas datas de maior procura é importante sempre fazer uso de estratégias, impactando ainda mais clientes e aumentando o faturamento da sua empresa, e é justamente aí que nos deparamos com o conceito de “Estratégia de Pico”, que são as medidas tomadas antes das grandes datas que movimentam o mercado e que possuem como objetivo conquistar o maior número de benefícios possíveis.

É importante ter em mente que os momentos de pico podem ser criados também pelas empresas, não limitando-se apenas às datas comemorativas, como o lançamento de um produto/serviço específico ou comemoração de aniversário da empresa, contudo, o recomendado é que haja, no máximo, 6 momentos de pico por empresa durante um ano. 

Podemos considerar o final do ano, mais especificamente os meses de novembro e dezembro, como sendo os melhores momentos para estratégias de pico por 3 motivos bem simples: 

1 – A entrada do 13°

2 – Momentos festivos, de natal, réveillon, confraternizações, etc. 

3 – Desejo de consumir reprimido, por conta da quarentena. 

Tendo em vista esses motivos e levando em consideração experiências comprovadas de mercado, separamos aqui algumas dicas para que sua empresa possa desenvolver algumas dessas estratégias de pico com maior assertividade: 

O básico  

O que antecede todas as estratégias, aplica-se a todos os tipos de negócios e é imprescindível para o sucesso tão esperado: o planejamento. A organização das etapas a seguir é fundamental e não pode ser negligenciada de maneira alguma, embora muitos profissionais prefiram a parte mais prática das ações. 

Caso você tenha dificuldades para traçar seu planejamento, selecionamos aqui algumas indagações a serem feitas e que podem te ajudar pra valer: 

> Possuo uma equipe qualificada para suprir a demanda que almejo? 

> Baseado nas ações passadas, o que esperar para a que vem agora? 

> Quais os tipos de despesas terei e quanto posso investir nelas? 

> Será que existem fornecedores/insumos/ferramentas mais baratos(as) no mercado?

> O que os meus consumidores estão precisando e desejando no momento? 

Agora partiremos para as tais dicas. 

1 – Sua empresa em adequação com as normas de higienização. 

Em época de pandemia o básico sempre é importantíssimo. Demonstre preocupação com a saúde de seus clientes com todos os aparatos regulamentados, e exigidos, pelos órgãos fiscalizadores. Colaboradores de máscaras, álcool em gel sempre disponível, sem aglomerações e nada de invadir o espaço pessoal dos outros. 

2 – Pense na possibilidade de parcerias com influenciadores digitais. 

Todos estão conectados nas redes sociais, e isso também vale para seus clientes. Use as plataformas digitais como uma espécie de vitrine e tente aproveitar todos os seus benefícios. Divulgue sempre e mantenha seus produtos/serviços atualizados. 

3 – Capacite seus colaboradores. 

O atendimento e o primeiro contato da empresa com os clientes são grandes responsáveis para o se fechar um negócio. Tente desenvolver em seus colaboradores uma análise mais analítica dos tipos de clientes, assim eles poderão atender melhor todos os tipos de especificidades, pois há clientes que preferem de uma maior autonomia na escolha dos produtos/serviços e outros que necessitam de um acompanhamento mais próximo. 

4 – Ofereça recompensas aos seus colaboradores. 

Quem está na linha de frente da venda de seus produtos/serviços precisa sentir-se motivado para executar ainda melhor suas vendas. Seja por comissão, premiação ou outras formas de reconhecer o serviço prestado pode aumentar ainda mais seu faturamento. Apenas estabelecer metas sem uma “linha de chegada com troféu” pode não ser muito furtivo. 

5 – Invista na fidelização de clientes.

Embora muitos clientes não gostem tanto, é de extrema importância a aquisição de dados num primeiro contato, bem como uma um registro de compras, pois, assim, pode-se ter uma visão melhor dos gostos de cada clientes, poder enviar mensagens promocionais e até mesmo brindes para conquistar de vez o cliente. É bem mais barato investir na fidelização de um cliente do que na conquista de novos! 

6 – Analise seu fluxo de caixa com seus produtos/serviços. 

Tenha sob controle a quantidade de vendas realizadas, o que é mais procurado por seus clientes, o que tem maior e o menor custo/benefício e saiba o que esperar de suas vendas. Parte do planejamento envolve a estimativa de lucro, despesas e investimentos a serem feitos. Uma importante estratégia que pode ser feita é uma análise através da “Matriz BCG”. 

7 – Confira com antecedência a disponibilidade de seus fornecedores. 

É sempre bom ter mais de um fornecedor para o mesmo tipo de produto/serviço para que você não pare de ofertar por não possuir o que seu cliente quer. Saber lidar com imprevistos e contornar situações adversas requer prevenção, e nada melhor do que não deixar faltar o que você oferece. 

8 – A primeira impressão é sua vitrine. 

Entre no clima de festas das festas de fim de ano e abuse das decorações. Personalize produtos e invista em material que atraia clientes utilizando todos os sentidos possíveis: Músicas temáticas, degustação de algum petisco, cores chamativas e o velho gorro vermelho são algumas dicas que sempre funcionam. Como já citamos, aqui também está incluso as redes sociais e as mídias digitais como um todo, entrar no clima em todas as plataformas demonstra coesão e organização. É de extrema importância o início de campanhas online, aliadas à dica 9, para ter um retorno ainda melhor. Confira abaixo um pouco mais sobre tráfego pago.

9 – Realize promoções

Evidenciar um produto/serviço com um preço abaixo do que ele normalmente custa, dar brindes ou até mesmo oferecer experiências novas e satisfatórias ajuda não só a atrair, mas também na fixação da sua marca na mente dos consumidores.  

Algumas opções de promoções para atrair os clientes são: 

  • Descontos cumulativos (leve 3 itens e ganhe 50% no 4°)
  • Combos  (compre 1 e ganhe 2)
  • Cupom de desconto para a próxima compra
  • Desconto na primeira compra

10 – Presentei seus clientes com brindes. 

Todo mundo gosta de receber um mimo, por mais simbólico que seja um pequeno detalhe a mais pode conquistar um cliente de vez e fazer com que sua marca fique gravada na mente dele. Com o clima de fim de ano no ar então, os brindes são mais esperados do que nunca. Bons exemplos que podem te ajudar, e que possuem baixo custo, são: 

> Chocolates

> Chaveiros 

> Adesivos 

> Copos 

> Canetas 

O Natal vai passar, porém não é hora de descansar. Os dados que você colherá nesse período vão ficar contigo e cabe a você usar esses dados à seu favor, para que as próximas campanhas sejam ainda melhores. Após reunir, classificar e analisar é hora de partir para a parte comercial da empresa e traçar estratégias para abordar os possíveis clientes. 

Esperamos que tenham gostado. 

ACELERE AINDA MAIS O CRESCIMENTO DE SUA EMPRESA CLICANDO AQUI

https://oferta.appi9.com/lead-generation

Comentarios

comments

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Converse conosco