Angular e o CLI

Angular e o CLI

PARA COMEÇAR

Ao se iniciar os estudos, ou mesmo a prática, em programação web um dos primeiros assuntos a se ter contato é sobre o Angular, e até mesmo quando já se tem certa prática/familiaridade ele ainda permanece bastante no cotidianos dos programadores. Por não possuir uma fácil utilização ele pode gerar muitas dúvidas, o que acaba complicando a vida de muita gente. Mas calma, existe uma comunidade ampla no meio online que conhece bem o Angular e pode te auxiliar na resolução de alguns problemas. 

Precisamos saber o que ele é e como funciona. Pois bem, ele nada mais é do que uma plataforma open source, e framework, criada pelos desenvolvedores do Google e que te auxilia no desenvolvimento de interfaces que utilizam HTML, CSS e JavaScript. Dentre seus elementos básicos, nós podemos citar suas diretivas, módulos, roteamento, componentes, templates e ferramentas de infraestrutura que automatizam tarefas.

SEU VERSIONAMENTO

Com o desenvolvimento das tecnologias e o aperfeiçoamento de diversas demandas que o Angular exigia, foram sendo desenvolvidas versões cada vez mais atuais, requerendo assim de seus desenvolvedores em estudo constante para acompanhar suas mudanças. Podemos destacar como uma mudança significativa em sua tecnologia a implementação do “SEMVER” a partir do Angular 2, que em síntese funciona no aperfeiçoamento da resolução de problemas que podem interferir significativamente. 

O SEMVER atua dividindo o número da versão em 3 partes, o “Major” que é incrementado quando uma mudança pode afetar o código, o “Minor” quando uma nova funcionalidade é adicionada e o “Patch” quando um bug é corrigido e liberado.

Com a utilização da tecnologia do SEMVER não necessariamente você vai ter que ficar aprendendo mais sobre o Angular constantemente sem conseguir acompanhar o ritmo, ou que o framework vai ser reescrito inúmeras vezes, mas que na verdade há uma ameaça ao seu código e que precisa de uma atenção especial, para evitar possíveis contratempos. As atualizações no Angular ocorrem mas sua funcionalidade continua ocorrendo constantemente.

E NO MERCADO?

A procura por profissionais familiarizados com o Angular no mercado brasileiro é grande, pois muitas empresas de grande porte já aderiram a mesma, porém o problema é encontrar profissionais capacitados. Além de terem que estar por dentro das atualizações constantes do Angular, é preciso que os profissionais sejam “desenvolvedores fullsatck”, ou seja, também dominem back-end e que dialoguem com o Angular, como com a utilização do próprio Java, Rest e Spring. O salário para um desenvolvedor que utilize o Angular pode ser bem atraente, iniciando com um valor de aproximadamente R$ 3.000,00 e indo até onde sua imaginação conseguir.

AMBIENTE DE DESENVOLVIMENTO E O ANGULAR CLI

Para se trabalhar no Angular também é preciso de um ambiente de desenvolvimento, claro, e um que é bastante utilizado pelos desenvolvedores do Angular é um composto pelo NodeJS, Angular CLI e Visual Studio Code.  

O Angular CLI é uma ferramenta que facilita bastante a vida dos desenvolvedores, pois ela fornece uma interface de linha de comando que ajuda na construção das aplicações do Angular. É com o CLI que os desenvolvedores conseguem criar a estrutura necessária para um novo projeto, além de gerar novos elementos para as aplicações, como os componentes. Um de seus comandos mais conhecidos, que os desenvolvedores utilizam para trabalhar com suas aplicações é o “ng”, que permite criar as estruturas dos projetos. 

PARA FINALIZAR

Então, você fez uma boa escolha caso tenha optado por ser um desenvolvedor angular, por inúmeros motivos, mas com certeza os maiores deles serão: O constante contato com a aprendizagem, já que o mesmo “evolui” constantemente, a grande procura do mercado por profissionais especialistas no assunto e o mesmo parece que não ficará ultrapassado tão cedo. 

A jornada como desenvolvedor fullstack não é fácil, mas pode ser bastante recompensadora com o tempo, basta dedicação e atenção aos detalhes que logo você está desenvolvendo projetos irados e cheios de personalidade. 

Deixa aqui nos comentários sua opinião sobre o Angular, ou o CLI. Gostaríamos de saber o que você pensa.

Comentarios

comments

Deixe uma resposta

Fechar Menu